lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Setembro Amarelo: programação no Hias tem como foco a valorização da vida e a saúde mental dos colaboradores
Qua, 22 de Setembro de 2021 09:00

Atividades seguem até o fim deste mês para públicos interno e externo da unidade

Durante o mês de setembro, diversas campanhas e iniciativas chamam a atenção para a importância do cuidado com a saúde mental. No Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), equipamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), a programação teve início na manhã desta terça-feira (21), com uma ação promovida pelo Serviço de Psicologia, que teve como foco os colaboradores da unidade. Até o fim do mês, outras atividades serão realizadas no hospital, voltadas tanto para o público interno, quanto para o público externo.

O principal objetivo das iniciativas, segundo a coordenadora da Psicologia do Hias, Maria Eliene Gomes, é a conscientização sobre o valor da vida, além de buscar alertar a população a respeito do problema grave de saúde pública que é o suicídio. “Já assimilamos cognitivamente que somos seres biopsicossociais e espirituais. Contudo, é de fundamental importância toda oportunidade de sensibilização por meio de campanhas do quão complexo e delicado esse arranjo multidimensional nos faz ser”, afirma.

Na ação realizada nesta terça-feira pela equipe da Psicologia, foi feita uma dinâmica com os colaboradores para esclarecer que temos recursos para enfrentar os momentos difíceis da vida, mas que, quando não conseguimos acessá-los, podemos e devemos pedir ajuda.

Joaquim Alves, farmacêutico do Hias, participou da ação e reforçou a importância de iniciativas como essas para os profissionais do hospital. “Nós trabalhamos cuidando de pessoas, mas, muitas vezes, esquecemos de cuidar da gente. Essa ação está sendo muito legal para mostrar que temos recursos de enfrentamento e que, nos momentos difíceis que a gente passa, como sobrecarga de trabalho, o estresse social e a própria pandemia, podemos utilizar essas ferramentas para sair dessas situações que a vida nos impõe”, explica.

Uma dinâmica sobre recursos para enfrentar momentos difíceis da vida foi realizada com os profissionais do Hias

Nesse contexto, Eliene Gomes acrescenta que é necessário desmistificar a ideia de que pedir ajuda é sinal de fraqueza e que somos capazes de resolver nossas questões sozinhos. “Saúde é cuidar da melhor forma possível de todas essas dimensões, mas é natural que, ao fazermos a gestão multidimensional de nós mesmos, em um certo contexto e em um determinado momento, tudo isso pesa sobremaneira. Não há problema algum em buscar suporte nos momentos mais difíceis. Não precisamos nos obrigar a dar conta de tudo sozinhos. Quando precisarmos, devemos procurar apoio”, orienta a psicóloga.

Valorização da vida

Dando continuidade à programação do Setembro Amarelo no Hias, a equipe da Residência Multiprofissional realiza, na manhã desta quarta-feira (22), uma ação na recepção do ambulatório com pacientes e acompanhantes. O grupo, formado por uma assistente social, uma enfermeira, um farmacêutico e uma fisioterapeuta, promove um bate-papo sobre saúde mental e distribuirá um folder informativo a respeito dos sinais de alerta, os mitos e verdades sobre suicídio e onde procurar ajuda.

Ao longo da semana, a equipe do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt) do Hias fará visitas às unidades com placas que destacam como cada profissional é importante. Também haverá entrega de cartões com frases reforçando a importância de pedir ajuda. O setor realizará esta mesma ação na recepção principal do hospital, no dia 28 de setembro, com foco em pacientes e acompanhantes que vêm para consultas e exames na data.

Profissionais debatem sobre prevenção ao suicídio e a importância de pedir ajuda

O Sesmt promoverá, ainda, na próxima terça-feira (28), às 9h, uma live, aberta ao público, pelo Google Meet. O evento contará com a participação da CEO da Escola de Música Vox Melody, Talyta Almeida, e de uma aluna do projeto. Elas falarão sobre a importância da musicalização no tratamento da depressão. A coordenadora de Psicologia do Hospital de Messejana, Aurilene Xavier de Oliveira, dará uma palestra sobre a síndrome de burnout.

Fechando a programação, as médicas homeopatas do Hias, Leila Albuquerque e Denise Cavalcante, farão uma transmissão ao vivo no dia 29 de setembro, às 9h, também pelo Google Meet, para apresentar o projeto “Cuidando do cuidador com música e meditação”, iniciativa idealizada e conduzida por elas, voltada para os colaboradores do hospital, que será realizada todas as quintas-feiras, a partir desta semana. Na ocasião, elas falarão um pouco sobre o estresse na área da Saúde e como as práticas integrativas podem ajudar nesse processo de autocuidado dos profissionais.

 

Assessoria de Comunicação do Hias
Texto e fotos: Erika Mavignier

 
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/285595Gisraelly_Bevenuto__2_.png
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/577528Foto_1___Curso_B__sico_de_Cuidados_Paliativos_Pedi__tricos__2_.png

Últimas Notícias Leia mais

Calendário

Outubro 2021
D 2a 3a 4a 5a 6a S
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6