lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Cresce número de atendimentos no Hospital Infantil Albert Sabin
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Cresce número de atendimentos no Hospital Infantil Albert Sabin
Ter, 26 de Dezembro de 2017 16:28

 banner joaquim hias

Entre janeiro e novembro deste ano, o Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), do Governo do Ceará, realizou 1.258.823 exames laboratoriais e 11.306 procedimentos cirúrgicos. Apesar de serem apenas 11 meses, os números já superam os de 2016, quando foram realizados 1.182.266 exames e 11.061 procedimentos cirúrgicos em todo o ano. “Esses são números que o hospital têm trabalhado duro para manter e manter com qualidade”, destaca o gerente administrativo do Hias, Raimundo Amorim.

Em 2017, por mês, foram 114.438 exames e 1.028 procedimentos. Além disso, houve ainda 4.477 atendimentos emergenciais, 11.979 consultas ambulatoriais com pacientes externos e 9.440 consultas ambulatoriais com pacientes internados. Entre eles, o pequeno Joaquim Pereira Silva, de dois anos, e que desde os seis meses sofre com dores e infecções ocasionados por cálculos renais.

“Nós somos de Brejo Santo [510 km de Fortaleza]. Ele tinha infecções urinárias desde os seis meses de idade e estávamos sempre tratando com antibióticos, mas ele nunca melhorava. Até que a pediatra passou um ultrassom e descobrimos o calculo renal, ele já tinha quase um ano”, conta a mãe, Maria de Fátima Pereira. Aguardou consulta com nefrologista e recebeu o encaminhamento para o Albert Sabin. “Nossa primeira consulta aqui foi em setembro, era para começar os exames e a cirurgia ia ser em janeiro. Mas em 29 de novembro, quando viemos para mais uma consulta, ele teve uma crise, com muita dor. Decidiram internar para tratar a infecção e operar logo”, fala Maria de Fátima.

Joaquim, enquanto internado, fez dezenas de exames, tratou a infecção e, na segunda-feira, 18 de dezembro, finalmente pôde remover a sonda que o auxiliava com a urina. Estável, agora fará novo procedimento para remoção das pedras. “Estou muito satisfeita. Meu filho está ficando cada vez melhor e, se Deus quiser, em breve vamos pra casa”, comemora a mãe.

Assim como Joaquim, milhares de outras crianças e adolescentes têm sido acolhidas e recebido tratamento especializado no Albert Sabin. “O Hias realiza anualmente cerca de 300 mil atendimentos a pacientes de zero a 18 anos em 28 especialidades médicas e nos 37 serviços de apoio assistencial. A instituição possui quatro Unidades de Terapia Intensiva [Neonatal, Pediátrica, de Pós-operatório e Oncológica], Hospital Dia e dois programas de assistência domiciliar [PAD e PAVD]”, ressalta o gerente administrativo Raimundo Amorim.

O Hospital Infantil Albert Sabin é referência em atendimento de alta complexidade nas especialidades de cirurgia neonatal, cardíaca, neurológica, ortopédica e em correção de fissuras de lábio leporino e do palato (céu da boca) e no atendimento do câncer infantojuvenil no Brasil, desde 1998, pelo Ministério da Saúde, não existindo fila de espera para cirurgias de correção labiopalatal no estado. O Hias é referência também no tratamento de doenças crônicas, genéticas e Zika, assim como na atenção integrada às doenças prevalentes da infância, aleitamento materno e humanização para os estados do Norte e Nordeste, tendo recebido prêmio nacional em reconhecimento a essas ações.

Estrutura

O Albert Sabin é o maior hospital público de pediatria do Ceará, com 336 leitos de internação e 53 de assistência domiciliar. É um centro formador de profissionais de saúde desde 1976, certificado pelo Ministério da Educação e da Saúde como Hospital de Ensino. Em 40 anos, a residência médica em pediatria do Hias já formou 580 pediatras. Este ano, foi dado início à residência com três anos e também de especialistas na área pediátrica. A residência multiprofissional, em seu 3º ano, formará a segunda turma de profissionais na área técnica.

“Para manter tudo isso funcionando nós temos uma manutenção forte. Somente neste ano foram ampliadas as áreas de convivência do hospital; fizemos reformas estruturais no nosso prédio de internação chamado Vânia Abreu; reformamos as UTI I e II, além do NIR e da fonoaudiologia. Por meio de uma parceria com a Prefeitura de Fortaleza, conseguimos ainda transformar o quadrilátero do hospital em uma área de trânsito calmo. Então, estamos sempre trabalhando por melhorias, por isso estamos sempre crescendo”, afirma Raimundo Amorim.

 

Foto: Assessoria de Comunicação do Hias

Assessora de Comunicação do Hias
Diana Vasconcelos
(85) 3256-1574
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
t: albertsabince
f: albertsabince


 

Calendário

Janeiro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3