Hias inicia novo ciclo de capacitação do projeto Lean nas Emergências
Qui, 12 de Novembro de 2020 13:20

Foto da formação do Lean no Hias

O Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), da Secretaria da Saúde do Ceatá, do Governo do Estado, iniciou um novo ciclo do projeto Lean nas Emergências. Metodologia responsável por otimizar fluxos e melhorar o atendimento de urgência e emergência à população, o Lean começou a ser implementado na unidade em 2019.

Nesta semana, consultores do Hospital Sírio-Libanês, parceiro do projeto, se reuniram com profissionais do Hias para discutir, desenvolver e avaliar a implementação das ferramentas do programa na unidade. O Albert Sabin é um dos mais de 90 hospitais selecionados pelo projeto no País.

No Ceará, o Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM) também participa desta etapa do Lean. Com isso, o Centro de Emergência da unidade tem adotado modernas técnicas de gestão aplicadas à realidade hospitalar, garantindo mais agilidade no atendimento de crianças e adolescentes, com foco na valorização dos usuários e na garantia da assistência eficiente.

O Lean nas Emergências integra o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde, e é realizado em parceria com o Sírio-Libanês. De acordo com Gutemberg Lavoisier, representante do projeto Lean, o Hias tem se mostrado bastante engajado no desenvolvimento de novos fluxos. “Até aqui, a gente já fez um mapeamento dos processos do Hias, identificou oportunidades de melhoria com a própria equipe, desenhamos planos de ação para agir sobre essa melhorias, iniciamos o Plano de Capacidade Plena e redesenhamos o fluxo e o desenho da emergência, o que ficou bem bacana”, listou.

Além dessas ações, Gutemberg destaca a elaboração de um plano de alta com protocolo bem definido, que está entre os próximos passos do novo ciclo. “A eficiência de um hospital começa pela alta. Quanto mais saídas eu der para um hospital, mais eu consigo girar e mais pessoas são atendidas. Esse é o propósito, além de reduzir a superlotação”, afirma.

A mobilização de outros setores com foco na Emergência e a definição de ações específicas em torno da agilidade nos processos e da alta do paciente estão entre os maiores ganhos, segundo a coordenadora do Centro de Emergência do Hias, a médica Liduína Jales.

Para Fábia Linhares, diretora clínica do Hias, participar de mais um ciclo do Lean é gratificante. “Temos elaborado ações para que esse trabalho funcione como uma engrenagem. Nós somos uma unidade única e, como uma orquestra, todos nós temos que trabalhar juntos de forma sintonizada para que a gente possa chegar a objetivo único, que é assistência segura, humanizada e eficaz”, afirma.

Além do Hias e do HM, outras três unidades da rede estadual participam do Lean: Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e Hospital Regional do Cariri (HRC).

Assessoria de Comunicação do Hias
Texto: Eduarda Talicy

 

Calendário

Janeiro 2021
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6