lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Paciente
Hias orienta sobre as necessidades especiais em crianças prematuras
Ter, 19 de Novembro de 2019 10:00

banner site hias prematuridade2

Há seis meses, Gissele Ferreira da Silva aguarda o momento de levar a filha para casa. Internada desde o nascimento, Maria Helena nasceu durante a 25ª semana de gestação, pesando menos de 700 gramas.“Quando a vi pela primeira vez, só chorava”, conta. Mãe e filha estão sendo acompanhadas no Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), do Governo do Ceará, unidade hospitalar que comemora hoje (18), a Semana da Prematuridade.

Segundo a coordenadora Centro de Terapia Intensiva Neonatal (CTIN), Rejane Brasil Sá, uma em cada dez crianças nascidas vivas é prematura no Brasil. “Bebê prematuro é todo aquele que nasce antes da 37ª semana de gestação, todos aqueles que nascidos nessa faixa precisam de cuidados especiais”, ressalta a médica.

“É muito importante pensarmos na prematuridade. Temos que olhar para eles (bebês prematuros) de forma diferenciada e com muito carinho, porque eles tem um risco maior de morbidade, de mortalidade, de infecção, de retinopatia e dificuldade em ganho de peso. Precisamos ter muito cuidado com esses bebês e o Dia Mundial da Prematuridade existe para termos esse olhar, para nos reunirmos, debatermos e compartilhar experiências”, afirma Rejane.

Segundo a médica, há três níveis de prematuros: o tardio, quando o bebê nasce entre 34ª e 37ª semana de gestação; o intermediário, quando o nascimento ocorre entre a 28ª e a 34ª semana; e o extremo, quanto nasce com menos de 28 semanas. Maria Helena é considerada extrema e, mesmo com seis meses de vida, pesa apenas 1,8 kg.“Cada grama é uma alegria e mais um passo para sua alta”, disse a mãe, Gissele.

banner site hias prematuridade1

Gissele, é natural de Milhã, a mãe conta ter procurado o Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) na capital, durante a gravidez, após perceber a pressão arterial elevada. Ficamos lá mesmo. Pouco depois, com os exames, perceberam que minha filha estava sofrendo, sem oxigenação e nutrientes, fizeram um parto de emergência”, conta.

Mãe e filha ficaram internadas no HGCC por cinco meses, até serem transferidas para o Hias há pouco mais de um mês. “Foi muito difícil, ela foi planejada, muito desejada. Meu marido só veio ver nossa filha três vezes devido não aguentar. Mas, agora, ela está bem melhor e sei que em breve vamos para casa”, afirmou Gissele, que largou o emprego de auxiliar de serviços gerais para dedicar-se a filha.

Prevenção

A pediatra Rejane Brasil destaca que, ao planejar a gestação, o ideal é que a mulher já procure um obstetra para que o acompanhamento se inicie antes da gestação. Com as orientações seguidas corretamente, mãe e filho têm mais chances de passar pela gravidez com mais saúde, reduzindo riscos.

Quando não é possível evitar o nascimento prematuro do bebê, a criança precisa ter uma atenção especial por parte de uma equipe capacitada. Com esse objetivo, a partir do dia 18 de novembro, o Hias promove palestras e rodas de conversas para aperfeiçoamento das equipes multidisciplinar do setor neonatal. O compartilhamento de experiências é prioridade para crescimento dos profissionais da unidade hospitalar.

Assessoria de Comunicação da Hias
Repórter/ Fotos: Diana Vasconcelos

 

Profissionais elogiados em Portal Ceará Transparente são reconhecidos

Médicos e enfermeiros da UTI 1 e do bloco B da unidade receberam um certificado simbólico

#FFFFFF

Aleitamento materno é tema de série de reportagens

Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) realiza ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno.

#FFFFFF

Hias adquire 53 novos equipamentos para fortalecer atendimento à população

Os equipamentos foram destinados ao centro cirúrgico do Hias, Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermarias.

#FFFFFF

Secretaria da Saúde orienta profissionais de saúde sobre Síndrome Inflamatória Multissistêmica

Nota técnica para orientar os profissionais de Saúde sobre a Síndrome Inflamatória Multissistêmica associada à Covid-19,

#FFFFFF

Grupo de trabalho planeja reestruturação de atendimento pediátrico em Fortaleza

O grupo de trabalho criado pela Sesa se reuniu para planejar a reestruturação da rede de atendimento pediátrico na Região de Saúde de Fortaleza.

#FFFFFF
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/211092banner_HIAS_certificacao_ouvidoria_1__1_.png
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/235751BANNER_AMAMENTAR_VALE_OURO__2_1.jpg
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/154236banner_equipamentos_hias01.jpg
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/489984banner_nota_tecnica_ssc.jpg
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/423762banner_pediatria_hgf_cb.jpg

Últimas Notícias Leia mais

Calendário

Outubro 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31