lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Paciente
Cirurgia de correção de bexiga através da Técnica de Kelley tem duração de 10 horas
Seg, 23 de Setembro de 2019 16:02

O Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), da rede pública da saúde do Ceará, realizou um procedimento de cirurgia de correção de Extrofia de Bexiga, em um paciente do Hias, através da Técnica de Kelley, um método complexo que repara a má formação do aparelho gênito urinário. A cirurgia de alta complexidade teve duração de 10 horas.

“É uma correção completa do aparelho gênito urinário. Antes nós fazíamos essa cirurgia em três etapas, o que não era tão simples e agora, pela primeira vez, conseguimos realizar o procedimento de uma só vez”, destacou o coordenador da cirurgia pediátrica do Albert Sabin, o cirurgião Augusto César Filho.

banner cirurgia tecnica kelley HIAS set2019

A cirurgia na unidade aconteceu no último sábado, 21, e também foi a primeira realizada no Ceará. “A criança já tinha quatro anos e já havia passado pela primeira cirurgia de correção, mas reincidiu. Então, ela foi nossa prioridade. Foi uma cirurgia longa e, neste momento, ela está na UTI em recuperação”, explicou Augusto César que, junto o médico cirurgião Manoel Luiz Oliveira, participou do procedimento conduzido pelo médico por Nicanor Macêdo do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle Rio de Janeiro.

“Extrofia de Bexiga é uma doença rara e muito complexa, mas essas crianças têm uma cabeça normal. Elas convivem com um grave defeito urogenital e da bacia, onde perdem urina, a parede é aberta, ou seja, podem vir a sofrer muito. O procedimento cirúrgico precoce faz a diferença na vida delas porque socializa e dá qualidade de vida”, ressaltou o cirurgião pediátrico Nicanor Macêdo.

Equipe Itinerante

Devido a complexidade do procedimento e a raridade dos casos de Extrofia de Bexiga, formou-se um grupo de estudos e compartilhamento da técnica por cirurgiões de todo o país. O grupo é itinerante, ele vai até a cidade onde há crianças para o procedimento e, enquanto a equipe local opera junto com o cirurgião pediátrico Nicanor Macêdo, os demais assistem por transmissão ao vivo, em uma sala próxima.

Desta forma, tem sido possível aprender a técnica, enquanto as crianças em espera pelos procedimentos são atendidas. A iniciativa da formação do Grupo Multi-institucional para Tratamento de Extrofia de Bexiga foi uma iniciativa da Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica (Cipe), em parceria com o cirurgião Nicanor Macêdo. E tem como objetivo é tornar todos os integrantes capazes de oferecer essa possibilidade terapêutica a todos aos pacientes com qualidade e segurança.

O grupo já operou 11 crianças com a má formação do parelho gênito urinário desde janeiro de 2019. O Ceará é o sétimo estado a receber a visita técnica, as quais devem continuar por mais alguns meses.

 

Saiba as diferenças entre os sintomas das arboviroses

Arboviroses. O termo, apesar de “estranho”, é bem conhecido entre os cearenses.

#FFFFFF

Projeto Lean será implantado em mais dois hospitais do Ceará

O Hias e o HM, estão entre as 40 unidades selecionadas em todo o Brasil para participar do Projeto Lean nas Emergências.

#FFFFFF
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/687789banner_site_sintomas_arboviroses_destaque.jpg
http://www.hias.ce.gov.br/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/963470banner_HIAS_HM_lean_destaque.jpg

Últimas Notícias Leia mais

Calendário

Janeiro 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1